Chateau du Courlat Lussac Saint-Émilion 2009

Chateau du Courlat Lussac Saint-Émilion 2009

De fato os vinhos de Bordeaux vão de 8 a 80 em cinco segundos. Em geral acho que os vinhos da região são capazes de alcançarem performances incríveis, mas em geral o custo é sempre muito elevado. Sempre achei melhor comprar um bom chileno/argentino do que um Bordeaux medíocre. Esse Chateau du Courlat entra pra estatística: curto, de fragrância quase imperceptível e amargor na boca depois do terceiro ou quarto gole.

Bolla Valpolicella Classico 2011

Bolla Valpolicella Classico 2011

Me decepcionei um pouco com este vinho. Já tinha ouvido falar dele e como bebo poucos italianos, decidi provar. Agride na boca e é bem curto. Experimentei um outro Valpolicello na Itália e na região de Veneza, origem do vinho, e percebi que na média ele não é dos melhores. No futuro experimento o melhor da classe para ver se algum se salva.